sábado, 11 de junho de 2011

canção a luz de vela


na noite do temporal

uma vela

uma voz

um violão

cantava sua ausência

e a minha solidão

2 comentários:

  1. que a chama queime enquanto houver brilho...


    Adorei...

    ResponderExcluir
  2. e viva joão desafinado na bossa da palavra,


    beijo

    ResponderExcluir